30 junho 2009

ÁguAS... TubArÂo!! UUUii!

Um ataque de tubarão colocou em alerta a polícia marinha australiana.
Como estão prestes a ter um campeonato aquático, o Sidney Harbour Swim, no qual mais de 500 pessoas se inscreveram para participar, eles organizaram uma patrulha submarina para tentar evitar qualquer acidente.
Os organizadores dizem que os "observadores" estarão na água mais para garantir a segurança dos nadadores do que para ver o que está debaixo d'água. Fico imaginando: e se eles encontrarem mesmo um tubarão pela frente, como irão espantá-lo? Você tem alguma ideia?
Algumas coisas da wikipédia:
Calcula-se que os tubarões existam há cerca de 450 milhões de anos, sem grandes alterações em sua morfologia.
A reprodução dos tubarões ocorre por fecundação interna, na qual o macho introduz o órgão reprodutor masculino (clasper) no orgão copulador feminino (oviducto) da fêmea.
As fêmeas atingem, em geral, a sua maturidade sexual com maior tamanho do que os machos e normalmente procriam em anos alternados.
Em maio de 2007 provou-se que o tubarão pode se reproduzir assexuadamente. Esta situação é rara nos espécimes selvagens.
Possui ainda quimio-receptores, os quais possibilitam aos tubarões determinar se há substâncias nocivas na água, avaliar a salinidade e outros parâmetros químicos.
Alguns cientistas crêem que, como muitos outros peixes, os tubarões são míopes, estando a sua visão adaptada apenas para distâncias entre 2 e 3 metros, embora possa ser utilizada para distâncias de até 15 m com um menor grau de definição.
O seu olho possui uma camada reflectiva, a qual permite um aproveitamento superior da luminosidade em locais com pouca luz, como as águas turvas ou profundas e à noite.
O seu olfato é extremamente apurado, permitindo-lhes identificar substâncias bastante diluídas na água, como concentrações de sangue abaixo de 1 parte por milhão - o que equivale a perceberem-se de uma gota de sangue a 300 m de distância em pleno oceano.
Possui três canais semicirculares e detecta vibrações a longas distâncias, podendo o tubarão se aperceber do som de um peixe a debater-se a uma distância de 250 a 600 m
A cabeça, especialmente ao redor do focinho, apresenta pequenos poros, denominados ampolas de Lorenzini.
Estes receptores são sensíveis à temperatura, salinidade e pressão da água, com uma especial capacidade para detectar campos eléctricos muito sutis, gerados por outros animais.
A maioria dos tubarões, quando parados, não conseguem bombear a água para as brânquias, de modo a respirarem.
Necessitam, portanto, de forçar a entrada da água pela boca, para que passe pelas brânquias e saia pelas fendas branquiais. Por outro lado, a ausência de bexiga natatória, um órgão hidrostático existente noutros animais, dificulta a sua flutuação.
Estas duas características são as responsáveis pela maioria dos tubarões nadar incessantemente, pois, se por algum motivo pararem, afundam e/ou morrem por asfixia.
No entanto, algumas espécies conseguem permanecer paradas e deitadas no fundo do mar, inclusivamente dentro de grutas espaçosas.
Os tubarões, em sua maioria, são animais ectotérmicos, pelo que a temperatura do seu sangue é variável e dependente do ambiente externo...
Quando um dente é perdido, posterior move-se para ocupar o seu lugar..
pS. Vai cachorrinho.. vai!

2 comentários:

  1. seus filhas da puta,não sabe nem fazer montagem direito,aprende a fazer montagem seus cornos!

    ResponderExcluir
  2. O BONITO QUE ESCREVEU LOGO ABAIXO DIZENDO QUE PROFISSIONAIS CONSTRUIRAM O TITANIC, E AMADORES A ARCA DE NOÉ. DEIXA EU FAZER UMA PERGUNTA QUAL DOS DOIS FOI QUE AFUNDOU, A ARCA DE NOÉ OU TINTANIC??? OLHA QUE NOÉ NÃO TINHA NENHUM DIPLOMA DE ENGENHEIRO NAVAL, MAS ELE TINHA O MELHOR PROFESSOR E MESTRE, ELE TINHA DEUS.. UM GRANDE PROFISSIONAL, NÃO É AQUELE QUE CONSTROI UM NAVIO OU UM PRÉDIO OU OUTRA COISA QUALQUER, MAS QUE RECONHECE SUAS LIMITAÇÕES.. UM ABRAÇO..

    ResponderExcluir

ObrIGadA pEla ViSItA.
EsPeRO qUe TEnhA GoSTAdo.
vOlTE MaIS.
:)