13 novembro 2009

RapiDinhA ... RiHhAnNa!!

1988 — 2004: Nascimento e início da carreira

Rihanna nasceu na ilha caribenha de Barbados, em Saint Michael, no dia 20 de Fevereiro de 1988, filha de Mónica Fenty, de ascendência guianense, e de Ronald Fenty, de ascendência barbadiana e irlandesa.
Tem ainda dois irmãos mais novos, Rorrey e Rajad.
Começou a cantar aos nove anos no ensino primário da escola Charles F. Broome Memorial School,
onde formou o seu primeiro grupo musical com mais duas colegas de classe.Aos catorze anos, os seus pais divorciaram-se.
Com quinze anos, a cantora foi apresentada por um amigo ao produtor musical Evan Rogers, que estava de férias em Barbados.
Juntamente com o seu sócio, Carl Sturken, produziu cantores como Christina Aguilera, Laura Pausini e Kelly Clarkson.
Os dois, então, marcaram uma audição, na qual a jovem interpretou a canção da banda Destiny's Child, "Emotion"Um ano mais tarde a dupla de produtores Evan Rogers e Carl Sturken, ajudou-a na gravação de músicas nos Estados Unidos da América, na cidade de Nova Iorque.
Rihanna, Evan e Carl acabaram por criar quase doze músicas, sendo que quatro delas eram demos, uma nova versão da balada "Last Time" de Whitney Houston, e ainda o que viria a tornar-se o single de estreia da carreira de Rihanna "Pon de Replay".
Em 2004, no colégio da Combermere School ganhou um concurso de beleza onde foi nomeada "Miss Combermere", após ter feito uma actuação no Colours of Combermere School Show, interpretando a música da cantora Mariah Carey "Hero".
Foi enviada depois da actuação feita pela jovem, uma cópia do seu trabalho para Jay-Z, na altura vice-presidente da Def Jam Recordings, que quis imediatamente assinar contrato com a cantora
Devido ao desempenho na actuação, que levou à assinatura do contracto com a sua editora, lançou seu primeiro álbum, Music of The Sun, iniciando assim a sua carreira como cantora...

....
....


A revista People Magazine colocou a cantora na lista das estrelas mais bem vestidas de 2008
Em 2009, a revista Glamour Magazine posicionou a cantora na posição cinquenta,

de uma lista de setenta mulheres mais glamorosas, citando o estilo de "rockstar" de Rihanna, o seu estilo geral, e a forma de vestuário da cantora pS... quer dizer... nem sempre ....
...
Em visita pela Itália, a cantora Rihanna foi barrada na porta de uma igreja em Veneza, informou o site do tabloide The Sun.
Usando um vestido curto, a estrela tentou assistir a missa na basílica de São Marcos, mas foi notificada que era proibido entrar no local com as pernas descobertas. “Para tentar driblar as regras, Rihanna tentou cobrir as pernas com dois pedaços de pano. Parecia mais que ela tinha se enrolado em duas toalhas de mesa, mas mesmo assim sua roupa ainda estava inapropriada e ela não conseguiu entrar”, contou uma fonte que estava na igreja. (30/09/09)
...
A capa do single da música ‘Wait your turn’, nova faixa de trabalho do disco ‘Rated R’, álbum da cantora Rihanna que deve ser lançado nodia 20 de novembro nos EUA, apareceu na internet durante o fim de semana.
A música é a terceira faixa saída do álbum a ganhar as rádios, depois de ‘Russian roulette’ e ‘Hard’.


Rihanna: "Chris Brown não tinha alma em seus olhos"

Na TV, a cantora afirmou que seu ex-namorado Chris Brown “não tinha alma em seus olhos” depois de bater nela dentro do carro.

A cantora, que já não está mais com Brown, disse que ele foi seu primeiro grande amor.
“Quando mais nos apaixonávamos, mais perigosos nos tornávamos um para o outro. Era quase como uma obsessão”, disse.
Rihanna ainda disse que a noite da agressão “foi feia” e que, enquanto apanhava, não tinha ideia do que aconteceria a ela.
“Tudo que eu conseguia pensar era ‘quando isso vai acabar?’”, disse.
O episódio aconteceu em Los Angeles, logo depois de uma festa pré-Grammy.
Apesar da agressão, Rihanna disse que ainda se importa com o ex-namorado.
“Eu não o odeio. Na verdade, eu o amo, me importo com ele e me preocupo se ele está bem. Eu quero que ele tenha uma bela carreira, uma vida incrível, que cresça. Quero que ele sinta isso como algo que tinha que acontecer para que ele crescesse e aprendesse”, disse.

Rihanna se sentiu constrangida por ter se apaixonado por um homem do tipo dele e se separou para dar um exemplo às mulheres jovens,disse que sentiu vergonha quando o público tomou conhecimento do incidente.
Eu não queria que as pessoas pensassem que é esse tipo de pessoa -- que eu me apaixonei por essa pessoa"
"Isso é vergonhoso. É vergonhoso o fato de ser esse o tipo de pessoa por quem me apaixonei, me apaixonei tanto, de modo tão incondicional, que voltei para ele",
voltaram juntos semanas depois da agressão e passaram tempo juntos em Miami na casa do rapper Sean "Diddy" Combs.
Mas desde então Rihanna terminou o namoro com Brown."É normal voltar", disse Rihanna.
"Você começa a mentir para você mesma. Assim que as feridas físicas saram, você quer que tudo isso vá embora. É uma lembrança que você nunca mais quer ter."
Mas a cantora de 21 anos disse que foi motivada a deixar Brown por saber que muitas meninas a admiram."
Quando me dei conta de que minha decisão egoísta pelo amor poderia levar alguma garota a ser morta, não fiquei tranquila", disse ela na entrevista.
"Eu não podia me sentir responsável por dizer a elas 'voltem' (aos seus namorados). Mesmo que Chris nunca me batesse de novo, quem pode garantir que os namorados delas não o fariam?
"Rihanna aconselhou as mulheres que são vítimas de abusos a não reagirem com base no amor."
Afaste-se da situação, olhe para ela na terceira pessoa, veja a situação como o que realmente é e então tome sua decisão, porque o amor é cego", disse ela.
Chris Brown, que até a agressão tinha uma imagem pública impecável, foi sentenciado a 180 dias de serviços comunitários e cinco anos de liberdade condicional pela agressão.

pS. PonTo ...

Um comentário:

ObrIGadA pEla ViSItA.
EsPeRO qUe TEnhA GoSTAdo.
vOlTE MaIS.
:)